Fausto

Fausto

30 abril a 19 junho 2022

A obra-prima de Goethe foi publicada em duas partes: a primeira em 1808 e a segunda em 1832, já postumamente.

Na primeira, o autor baseia-se na lenda de Fausto e acompanha, sobretudo, a vida amorosa do personagem.

A lenda foi inspirada em Johann Georg Faust (1480 – 1540), um mago e astrólogo do Renascimento alemão que chegou a ser apontado como alquimista.

Esta célebre adaptação focasse na figura de Henrique Fausto, um homem que é extremamente inteligente, mas ainda não possui tudo aquilo que quer.

Fausto permanece insatisfeito até ao dia em que conhece um demônio chamado Mefistófeles. Após fazerem um acordo, Fausto acaba vendendo a própria alma, a troco de ver seus desejos realizados.

O enredo do poema dramático começa no céu, onde Deus conversa com Mefistófeles. Embora o Criador goste de Fausto, devido à sua enorme sede de saber, o demônio aposta que é capaz de conquistar a alma do humano.

Nesta segunda parte da obra, a ação ocorre fora do mundo que Fausto conhecia e com o qual estava acostumado. Aqui, a narrativa acompanha um novo amor, mas se foca sobretudo em questões relacionadas com o saber e as ciências humanas.

Repleta de referências clássicas, na segunda parte podemos encontrar reflexões que contemplam a História, a política e a filosofia.

Considerada uma das maiores obras da literatura alemã, Fausto tornou-se uma referência que simboliza o dilema do Homem na modernidade. Desde o começo, aquilo que motiva Fausto é a busca incessante do conhecimento, procurando compreender totalmente o mundo no qual se encontra.

Ficha Artística / Técnica

Autoria

Johann Wolfgang von Goethe | Nerval

Adaptação e Direção

João Mota

Tradução (a partir da tradução de Gérard de Nerval)

Luiza Neto Jorge

Assistência de Encenação

Diogo Tavares

Interpretes (Por ordem de entrada)

Mefistófeles – Hugo Franco
O Senhor (voz off) – João Mota
1º Fausto – Carlos Paulo
2º Fausto – Rogério Vale
1º Burguês | Aluno | Espirito Mau | Altmayer – Luís Garcia
2º Burguês | Frosch | Valentim – Miguel Sermão
Wagner | Brander – Gonçalo Botelho
Espírito | Mendigo | Velho Camponês | Siebel – Francisco Pereira de Almeida
Margarida – Ana Lúcia Palminha
Marta | Bruxa | Camponesa | Lisete – Patrícia Fonseca

Desenho de Luz

Paulo Graça

Cenografia

João Mota/Renato Godinho

Fotografia Cena

Bruno Simão

Imagem

Comuna/Gonçalo Dias Santos

Spot Publicitário/Vídeo

Tiago Leão

Técnicos de Montagem

Renato Godinho, Mateus Amaral e Assunção Dias

Frente Sala

Luana Santos, Gabriel Santos, Matilde Bernardo, Margarida Simões e Yuri Medeiros (Estagiários da escola Secundária D. Pedro V)

Assistência Geral

Selma Meira, Assunção Dias

Assistente de Produção

Catarina Oliveira

Gabinete de Produção

Rosário Silva e Carlos Bernardo